Pensamentos Insones

terça-feira, dezembro 10, 2013

Noite. Vento frio. Barulho de tic tac. Insônia.
Mais uma noite sem dormir, algo rotineiro pra mim, eu sei.
Rolei pra cá, rolei pra lá, mudei de lado na cama e nada do sono dar as caras.
Em parte tem a ver com aquela xícara de café que decidi tomar enquanto assistia a um episódio aleatório de American Horror Story.
Mas hoje tenho alguns motivos para não conseguir pregar os olhos.
Um deles é que estamos em dezembro, mês do Natal, que aliás, é meu feriado favorito.
Sempre fico animada com a proximidade da data, mas esse ano está sendo um pouco diferente.
Quando olho pra trás, vejo que não consegui cumprir nem metade das minhas metas pessoais para esse ano e isso me tira completamente o sono.
Aconteceram tantas coisas inesperadas que até me deixaram zonza. A maior parte não foram boas, devo dizer, mas serviram pra bagunçar ainda mais minhas ideias.
Tá tudo uma zona tão grande que nem sei por onde começar a tentar organizar.
Não gosto de terminar o ano assim, cheio de pendências, com o coração apertado e aquela sensação ruim de incapacidade. 
Sei que não tem muito a se fazer em menos de um mês, e algumas coisas não dependem somente de mim, mas não consigo deixar de pensar que eu deveria ter feito mais por determinadas coisas e menos por outras.
Deveria ter continuado na sombra ao invés de ir passear no sol. O sol queima, e eu já deveria saber disso, mas pensei que talvez, algumas horinhas não fariam mal. Mas fizeram.
Eu só queria uma luz sobre o que fazer, de onde eu deveria partir pra acertar as coisas…
Acho que preciso de mais café.

You Might Also Like

0 comentários

Curta Luddzilla no Facebook

Me add no Google+