O passado passeando pelo presente

domingo, junho 29, 2014

Estranhamente, desde o último ano o passado resolveu ressurgir na minha frente. Todo ele, o pacote completo de pessoas que passaram pela minha vida e, de alguma forma, deixaram sua marca.
Sem entrar nos méritos de marcas boas ou ruins, o que importa é que ele está de volta pra me confundir, me assombrar e me jogar na cara uma porção de coisas com as quais eu não soube ou simplesmente não quis lidar na época. 
E agora, cá estou eu às 2h da manhã com The Smiths tocando no máximo, uma pilha de questionamentos na cabeça, uma garrafa de cerveja na mão e palavras emboladas no papel.
Não gosto de pessoas passeando pela minha vida, entrando e saindo quando bem entendem e deixando uma bagunça enorme pra trás, pra eu arrumar sozinha.
Aquele baú de memórias empoeirado deveria permanecer onde estava, trancado e esquecido no canto do porão. Existem coisas que não devem ser remexidas. Pelo bem da minha sanidade.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Isso me lembrou
    "Now she's left cleaning up the mess you made"

    ResponderExcluir
  2. Tive que procurar a frase porque não conhecia a música, John Mayer, né?
    Mas é bem isso mesmo, arrumar uma bagunça que fizeram e que não é sua, e nem deveria ser sua obrigação limpar. Mas é bom ver tudo limpo depois. xx

    ResponderExcluir

Curta Luddzilla no Facebook

Me add no Google+